Pular para o conteúdo

Artista são joanense participa de 7° Encontro Internacional de Alfombristas no México

O vigário-geral da Diocese de São João del-Rei, o Monsenhor Geraldo Magela da Silva, foi atacado por apoiadores do atual presidente Jair Bolsonaro (do PL), através de comentários em uma página no Facebook.

As ofensas vieram após o pároco da Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar afirmar, durante missa, que a Igreja Católica não tem candidato e que deveria prevalecer o respeito a todas as opiniões. A fala do religioso não foi bem recebida por simpatizantes da campanha de Bolsonaro.

Vários comentários criticavam o monsenhor, dizendo que a igreja teria sim que se posicionar, e que a fala do padre foi infeliz. Entidades católicas se solidarizaram com o ocorrido, mas a paróquia da Catedral Basílica de Nossa Senhora do Pilar ainda não comentou sobre os ataques. O Monsenhor Geraldo Magela também não falou sobre o fato, e os comentários na página ainda estão visíveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.